Alagoas está azul. O governador Teotônio Vilela Filho (PSDB) acaba de ser reeleito governador do Estado de Alagoas. Apesar do TSE ter apurado apenas 98% das urnas em Alagoas, os números apontam que Teotônio já está matematicamente eleito.

Enfrentando uma campanha com muitas trocas de acusações pessoais, Teotônio conseguiu ampliar a margem de votos conquistados no primeiro turno, que foi 534.962. No primeiro turno, o tucano disputou o pleito com outros cinco candidatos : Ronaldo Lessa, Fernando Collor, Mario Agra, Jefersson Piones e Tony Clóvis.

Após o resultado do primeiro turno, Ronaldo Lessa confirmou aliança com o Fernando Collor, na intenção de unir forças e votos para derrotar Teotônio. Em contrapartida, o candidato tucano se aliou ao prefeito de Maceió, Cícero Almeida, outra grande força da política alagoana.

O desenvolvimento e a geração de emprego foram alguns dos temas mais explorados por Teotônio durante a campanha. Atração de mais de 40 indústrias, 20 hotéis, construção de 36 mil moradias e promessa de mais 40 mil, duplicação de rodovias, chegada do estaleiro Eisa, triplicação da UE do Agreste, estruturação da Segurança Pública, Educação e Saúde foram alguns dos temas focados por Vilela.

Para este mandato, Teotônio prometeu trazer mais indústrias, criar escolas profissionalizantes, abrir novas rodovias, valorizar ainda mais o funcionário público, realizar concursos, além de investir em Saúde, Educação e outros setores.

Fonte: alagoasemtemporeal