O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmou que o senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) vai integrar a Comissão de Reforma Política. Nesta terça-feira (8), o peemedebista afirmou que todos os ex-presidentes da República que estão no Congresso farão parte da comisão.

Além de Collor, outro nome certo para comissão é o ex-presidente Itamar Franco (PPS-MG), desafeto de Collor desde 1992 (quando Itamar, então vice-presidente, ficou a favor do impeachment de Collor) José Sarney disse, ainda, que possui uma lista com os nomes daqueles que serão convidados para compor a comissão que será instalada nesta semana. A comissão terá um prazo de 60 dias de funcionamento.

O líder do PSDB, senador Alvaro Dias (PR) anunciou, no Twitter, que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) vai integrar a comissão criada para elaborar uma proposta de reforma política que será depois examinada por todos os senadores.

Collor, que foi candidato ao governo do Estado de Alagoas, preside atualmente a Comissão de Infraestrutura do Senado e deve deixar o cargo – que deve ser assumido pelo senador Lindemberg Farias (PT-RJ).

Fonte: tudonahora

Anúncios