A cassação foi motivada por acusações de compra de votos e abuso do poder

Da Redação do pe360graus.com

O prefeito de Itaíba, no Agreste do Estado, Marivaldo Bispo e o vice Juliano Martins tiveram seus mandatos cassados neste terça-feira (15). A decisão foi do juiz da comarca local, Evandro de Melo Cabral, baseado em denúncias de compra de voto durante eleições de 2008 e abuso de poder econômico e político.

De acordo com o advogado da coligação que moveu o processo contra o prefeito, existiram provas documentais, testemunhais e filmagens que comprovaram a compra de votos. Os acusados têm até três dias para recorrer da decisão.

O advogado do prefeito, Giorgio Gonzales, informou que vai entrar com recurso contra a sentença de cassação e vai pedir na Justiça que Marivaldo Bispo permaneça no cargo enquanto o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julga o caso.

Fonte: pe360gaus.com

Anúncios