Evento foi celebrado no Ginásio de Esporte do Colégio Cristo Redentor no bairro de São Cristóvão

Da Redação
A Ordenação Episcopal do Mons. José Francisco Falcão de Barros, por motivos das fortes chuvas que atinge o interior de alagoas foi transferido de local,  celebrado no Ginásio de Esporte do Colégio Cristo Redentor, que fica localizado na Avenida Deputado Medeiros Neto, 51 – São Cristóvão, Palmeira dos Índios – AL. Teve confirmado a presença de vários bispos e sacerdotes do clero brasileiro.

Foi um momento ímpar e garboso na história eclesiástica do interior alagoano. E teve como sagrante principal Dom Dulcênio Fontes de Matos, bispo diocesano de Palmeira dos Índios e os co-sagrantes Dom Osvino Both, Arcebispo castrense (militar) do Brasil e Dom Henrique Soares da Costa, Auxiliar de Aracaju -SE.

O horário permaneceu o mesmo às 16h30min. A Ordenação episcopal é uma cerimônia religiosa na qual um padre recebe a plenitude do sacramento da Ordem, tornando-se assim num bispo por vontade de Deus. Durante a cerimônia, o padre deita-se no chão à frente do altar e depois faz o juramento de viver em comunhão com a Igreja Católica e de obediência ao Sumo Pontífice. Em seguida, recebe o anel episcopal (que simboliza o compromisso que o bispo tem de guiar a Igreja, esposa de Jesus Cristo), o báculo pastoral (que simboliza que o bispo é o pastor das ovelhas de Cristo, isto é, dos membros da Igreja) e a mitra (que simboliza a pureza e a autoridade dos bispos).

Fonte: arquidiocese de Maceió