O assassinato do parlamentar Ademilton Tenório Cavalcante (PSDB), conhecido como Galego do Quati, (48 anos) aconteceu ontem (11/02) por volta das 21:00h na cidade de Iati, no agreste meridional de Pernambuco, quando o mesmo foi surpreendido por dois homens fortemente armados que atiraram contra ele e José Antônio Rita da Silva, deixando ambos mortos por vários tiros.

Ainda não se sabe o motivo do duplo homicídio que deixou a cidade de Iati em pânico, visto que esse foi o quinto assassinato em menos de seis meses na cidade. Em outubro assassinaram um rapaz conhecido por Beto, depois Antonio de Sérgio, no dia 22 de janeiro Jadilson e ontem Galego do Quati e José Antonio Rita da Silva. Todos esses crimes são parecidos pelo grau de violência na sua execução.

Logo após a prática do crime dois assassinos se evadiram tomando destino ignorado. Policiais militares da cidade de Bom Conselho foram informados do duplo homicídio e estavam realizando um blitz com bloqueio na estrada que dar acesso a Iati quando abordou o veículo gol vermelho, placa: PEQ8046 e encontraram duas armas com o Gilmar Paes de Carvalho (37 anos), divorciado, vigilante que mora na Rua Quintiliano Tenório, nº 13 em Iati. As armas eram uma espingarda calibre 12, oxidada, sete cartuchos intactos, modelo 651 nº. 272449 e um revólver calibre 38 Rossi, nº. J006615, capacidade para seis tiros, quatro deflagradas e uma intacta. O outro suspeito é Genaldo Paes de Carvalho, (37 anos), casado, agricultor, reside na Quadra “D”, nº. 64 – COHAB de Iati.

Como o policiamento já tinha conhecimento do duplo homicídio na cidade de Iati, passou a investigar o Gilmar e foi quando o mesmo confessou que teria participado do homicídio de Galego do Quati em Iati. Gilmar foi conduzido para a Delegacia de Águas Belas e foi entregue e autuado em flagrante.

O corpo do parlamentar e de José Antônio Rita da Silva foram levados ontem mesmo ao Instituto Médico Legal/IML de Caruaru e foram liberados hoje pela manha e estão sendo velados em suas residências. O parlamentar na Avenida Sete de Setembro na cidade de Iati. Amanhã será levado para Câmara Municipal de Vereadores às 08:00h e em seguida para o Povoado Quati, onde será sepultado, na terra que nasceu e se criou.

No Povoado Quati moram seus pais: seu Cazuza e dona Rosa e seus parentes e amigos.

Fonte: Saloá Notícias e Outros

Anúncios