• por TEREZA NOVAES
  • EDITORA-ADJUNTA DO F5

    Susan Miller diz que o mundo não acaba em 2012

Susan Miller é a astróloga mais influente do mundo. As previsões dessa nova-iorquina são clicadas por cerca de 18 milhões de pessoas por mês, metade nos EUA, a outra, no restante do mundo.

O horóscopo é longuíssimo cada signo tem em média 3.500 palavras- e vem com riqueza de detalhes: melhores dias para o amor, dicas para quem trabalha em determinada área, datas para festas ou viagens.

Susan Miller assina ainda colunas em revistas na Turquia, Japão, Coreia, Hong Kong, Brasil e, claro, nos EUA.

A principal previsão é que o mundo não acaba em 2012! O prognóstico do fim do mundo é atribuído ao calendário maia. “Veremos em esse ano o começo de um inesquecível tempo de entendimento, muito especial para quem vivê-lo”, afirmou ao F5.

Susan nasceu com um defeito congênito na perna e passou por várias cirurgias e internações na infância. Em uma dessas idas e vindas do hospital, aos 15 anos, sua mãe a introduziu na astrologia. Antes de se dedicar exclusivamente aos astros, trabalhou por 16 anos como agente de fotógrafos. Seu site Astrology Zone foi criado em 1994, quando a internet ainda engatinhava.

A astróloga não revela o seu signo. Segundo a Wikipedia, ela é peixes. Ela argumenta que gosta de todo o zodíaco por igual e dizer qual é o seu signo poderia fazer com que as pessoas pudessem achar que ela o favorece, tal qual um comentador esportivo que jamais diz seu time do coração. Mas o difícil mesmo é adivinhar a idade de Susan. Ela não conta de jeito nenhum, nem a Wikipedia. Ocupada entre suas previsões e a mãe, que está “bastante doente” no hospital, Susan respondeu às perguntas do F5.

F5 – Há várias previsões sobre o fim do mundo em 2012 baseadas no calendário maia. Você vê algo diferente ou terrível para o próximo ano na astrologia?

Susan Miller – Não vejo nenhum problema. Na verdade, no começo do ano, o medo do que pode acontecer no dia 21 de dezembro de 2012, data que marca o fim no calendário maia, pode causar desnecessária ansiedade. Cientistas, filósofos, historiadores e astrólogos sentem que 2012 será o fim de uma velha forma de pensar e a entrada de uma nova e excitante era de iluminação.

O solstício de inverno [no Hemisfério Norte] é importante porque está localizado a 26 graus de sagitário, que por séculos foi considerado o centro de nosso universo na Via Láctea. Na verdade, devido à precessão dos equinócios, a Terra entrou pela primeira vez nesta zona crítica, descrita pelos maias, em 1998, e a Terra vai continuar por esse caminho até 2016. Alguns chamam esse período de “era 2012”. E muitos “experts” acreditam que nós veremos o começo de um inesquecível tempo de entendimento, muito especial para quem vivê-lo.

Qual é o seu signo? Você tem um astrólogo ou faz sua própria previsão?

Sempre faço meu próprio horóscopo e não divulgo meu signo, porque as pessoas podem pensar que eu o favoreço, o que não é verdade. Amo todos os signos e os trato de forma igual. Além disso, meu trabalho não é sobre mim, é sobre meus leitores. Prefiro manter a ênfase neles.

Você faz mapa astral? Faço leitura de mapas somente em eventos de caridade. Cada signo de minha previsão mensal demora sete horas para ser preparada e escrita, por isso realmente não tenho tempo de fazer mapas personalizados.

Qual sua recomendação para quem quer ser astrólogo?

Prepare-se para estudar por um longo tempo. Não é um assunto que você pode compreender rapidamente. Um grande erro é tentar aprender muito em pouco tempo. Não é possível aprender rápido, necessita meditação e pensamento. Estudei 12 anos com a minha mãe antes de dizer a alguém que eu sabia astrologia. Sem eu saber, minha irmã imprimiu meu primeiro horóscopo para o Astrology Zone para minha mãe checar se o que eu tinha escrito estava preciso. Isso continuou por oito anos até eu descobrir. Um astrólogo tem grande responsabilidade com seus leitores ou clientes. Dizer a coisa errada é prejudicial, assim como dizer a coisa certa da forma errada pode causar muita dor. Pessoas que pensam que só porque sabem seu signo solar podem determinar coisas sobre você só maculam a profissão.

Você tinha planos de vir para o Brasil no começo do ano. Como foi a viagem?

Não fui porque a Dior me contratou para fazer uma turnê de divulgação de uma linha de bolsas nos EUA. De qualquer forma, ninguém me convidou para ir ao Brasil, então não teria nenhum lugar para falar. Adoraria ir e todo mundo pensa inclusive que eu já fui convidada. Se quisesse ir agora ao Brasil, seria por conta própria.

Fonte: FOLHA.com/F5