Category: Economia


A (CDL) Câmara de Dirigentes Lojistas de Águas Belas, tem a honra de convidar você empresário para participar de uma reunião, sexta-feira dia 23 de maio do ano em curso, às 18:00h na Sede da CDL de Garanhuns, com a presença do ex-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e atualmente Senador da República, Dr. Armando Monteiro e do Deputado Federal Dr. Pedro Eugênio. Na oportunidade será discutido sobre o projeto que limita o uso da substituição tributária para as empresas que estão no Simples Nacional.

Sabe-se que os benefícios se estendem ao bolso do cidadão por contemplar cerca de 80% das microempresas de vários setores, como os de material de limpeza, material de construção, eletroeletrônicos e massas alimentícias.

“Ganham as pequenas empresas, que passam a operar com menor carga tributária, e os consumidores brasileiros, porque ao desonerar as empresas, nós estaremos abrindo a possibilidade de redução no preço de bens e serviços oferecidos à população”, afirma Liberato, presidente da CDL.

Anúncios

Senador comemora redução de carga tributária para micro e pequenas empresas

Após realizar uma ampla articulação para garantir mais benefícios aos micro e pequenos empresários que estavam sendo prejudicados pelo pagamento antecipado de impostos, o senador Armando Monteiro comemorou a aprovação pela Câmara dos Deputados do projeto que limita o uso da substituição tributária para as empresas que estão no Simples Nacional.

A matéria foi encaminhada pelo Senado na quarta-feira (07) e aprovada pela Câmara dos Deputados no mesmo dia. Como havia sido negociado, o relator da matéria na Câmara, deputado Cláudio Puty (PT-PA), acolheu o relatório de Armando que já tinha sido aprovado pelo Senado.

Armando diz que a agilidade na aprovação da matéria foi possível graças ao diálogo permanente com representantes do setor e das secretarias estaduais de Fazenda, uma vez que o projeto reduz o poder dos Estados de utilizar o mecanismo da substituição tributária, por meio do qual empresas de alguns segmentos recolhem impostos antecipadamente, antes mesmo de vender seus produtos. Este mecanismo tem provocado aumento dos impostos para as micro e pequenas empresas, com prejuízo também para o consumidor.

Armando lembra que os benefícios se estendem ao bolso do cidadão por contemplar cerca de 80% das microempresas de vários setores, como os de material de limpeza, material de construção, eletroeletrônicos e massas alimentícias. “Ganham as pequenas empresas, que passam a operar com menor carga tributária, e os consumidores brasileiros, porque ao desonerar as empresas, nós estaremos abrindo a possibilidade de redução no preço de bens e serviços oferecidos à população”, afirma Armando.

Para os que ficarão sob o regime da Substituição Tributária, Armando garantiu prazo maior de recolhimento do ICMS e da antecipação tributária. O mínimo agora passaria a ser de 60 dias. Além disso, foi aprovada proposta de Armando que garante um modelo de recolhimento simplificado para os micro e pequenos empresários, que atualmente são obrigados a gastar tempo e recursos para cumprir as obrigações para o cálculo do imposto.

O projeto ainda passará por nova votação na Câmara, para a apreciação de destaques, mas o texto base, com as medidas apresentadas por Armando, já foi aprovado na sessão da quinta-feira (07).

Simples para setor de serviços – No texto aprovado pelo Plenário da Câmara dos Deputados também consta o Projeto de Lei Complementar 221/12, do deputado Vaz de Lima (PSDB-SP), que universaliza o acesso do setor de serviços ao Simples Nacional (Supersimples). O projeto prevê a criação de uma nova tabela para serviços, com alíquotas que variam de 16,93% a 22,45%. Entre os serviços novos que entram nesse regime de tributação estão os relacionados a medicina, odontologia, advocacia, despachantes, corretagem, psicologia e fisioterapia.

Foto: Alexandre Albuquerque

Prazo acaba na segunda-feira e governo espera que 25 milhões de brasileiros prestem contas com a Receita.

Os contribuintes que ainda não enviaram a declaração do Imposto de Renda 2012 (ano-calendário 2011) têm apenas até a próxima segunda-feira para prestar contas ao Fisco. Segundo a Receita Federal, quase 6 milhões de pessoas estavam nesta situação até as 16 horas de sexta-feira. Cerca de 19,2 milhões de documentos haviam sido enviados até o horário – a expectativa do governo é receber 25 milhões.

Leia também: Saiba tudo sobre a declaração do Imposto de Renda

Quem enviar pela internet terá até as 23h59min59seg (horário de Brasília) de segunda-feira. Já os que  entregarem via disquete devem observar o horário do expediente bancário. Aqueles que perderem o prazo estarão sujeitos a uma multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido. O saldo a pagar pode ser dividido em até oito cotas mensais, sendo que a primeira parcela ou parcela única já vence na segunda-feira.

“O problema de deixar para a última hora é a documentação. O contribuinte pode não conseguir organizar tudo em um único final de semana. A orientação, portanto, é fazer da melhor forma possível, entregar no prazo e fugir da multa”, explica o tributarista Samir Choaib.

Caso descubra erros ou omissões após o envio, será possível retificar o documento quantas vezes for necessário. Quanto mais cedo for efetuada a correção, mais rapidamente será liberada a restituição ou menor será a multa e a incidência de juros no valor a pagar. “Existe o mito de que retificar leva a declaração à malha fina, mas isso não existe. Na base de dados da Receita simplesmente sai a declaração antiga e entra a nova”, diz Choaib.

Fonte: Agência Estado

por Mirella Falcão

Centro de compras terá 156 lojas, com âncoras e megalojas, e deve começar a operar no próximo ano.

Veja como fica o Shopping Center Granhuns

A Cidade das Flores vai inaugurar seu primeiro shopping center em outubro do próximo ano. Com um investimento de R$ 120 milhões, o Shopping Garanhuns terá 156 lojas, sendo quatro âncoras e 4 megalojas, além de 1,5 mil vagas de estacionamento. Entre os lojistas, muitas marcas que ainda são novidade no município. Serão gerados 2,5 mil empregos na construção e 1,8 mil diretos na operação. O centro de compras vai integrar um complexo que terá também hipermercado, hotel, empresarial e centros de convenção.

O mall ficará às margens da BR 423, a uma distância de 1 km da entrada da cidade e a 3 km do centro. O shopping vai ocupar uma área total de 100 mil m2. Cerca de 40% da área bruta locável, que é de 25 mil m2, já foi comercializada. As quatro âncoras serão Lojas Americanas, Marisa, Riachuelo e C&A. Nenhuma das marcas possui loja no município. As megalojas serão Magazine Luiza, Casas Guido, Insinuante e Sapato’s. São três salas de cinema, sendo uma delas equipada com tecnologia 3D. Outras novidades estão entre as dezesseis operações de alimentação, com franquias que ainda não operam em Garanhuns, como McDonald’s, Bob’s e Subway. Haverá ainda mais dois restaurantes, que terão um horário alternativo ao do shopping, adianta um dos sócios do mall, Janio Almeida.

O Shopping Garanhuns é uma sociedade da Almeida Irmãos Empreendimentos, grupo local que atua no comércio de veículos e combustíveis, com as paulistas Sacs Consult (opera 106 shoppings no país) e Pró-Shopping (que tem cinco shoppings. Entre eles, o Iguatemi de Maceió), além da pernambucana Arclima. ´Garanhuns já sofre com a falta de pontos no comércio do centro. Pelo porte da cidade, que tem 130 mil habitantes e área de influência de até 50 km, totalizando mais de 1 milhão de consumidores, já era para ter um shopping`, justifica Almeida.

A cidade que era um polo industrial de leite e derivados, está se transformando em um polo médico e educacional no Agreste Meridional. Como há um compromisso de contratar mão de obralocal e o volume de empregos gerados é alto, o impacto na nossa economia será grande. Também vai ajudar muito o turismo do município`, diz Ornilo Lundgren, secretário de Desenvolvimento Econômico. Será um shopping verde, com projeto de reuso da água, energia solar e captura do ar frio, reduzindo em até 18% a energia consumida na refrigeração.

O shopping já surge preparado para triplicar o tamanho nos próximo anos. Deixamos reservada uma área de 200 mil m2, prevendo duas expansões. Acredito que a primeira ampliação deve acontecer depois dos dois primeiros anos de operação`, detalha o empreendedor. Ao todo, o complexo terá 1,36 milhão de m2, prevendo ainda hipermercado, hotel, centro de convenções e empresarial.

   
Fonte: diáriodepernambuco
|SOFIA FERNANDES – Folhapress
Brasília, DF – A operadora Oi lançou ontem serviço de TV por assinatura em seis Estados (Alagoas, Goiás, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará) e no Distrito Federal, e estuda oferecer pacotes pré-pagos de TV no primeiro semestre de 2011.
A empresa tem hoje uma base de 300 mil assinantes em oito Estados. Até o primeiro trimestre de 2011, a operadora quer levar a Oi TV a todo o país por meio de tecnologia via satélite. A Oi deverá usar sua rede de postos de recarga de celular para vender o pacote de TV, tendo em vista a alta capilaridade dessas unidades.
Segundo Pedro Ripper, diretor de Desenvolvimento Tecnológico e Estratégia da Oi, a empresa deverá iniciar testes no Nordeste, onde há fraca penetração do serviço e potencial de forte aderência das classes mais baixas para pacotes pré-pagos.
Fonte: gazetadealagoas 

Elaine Patricia Cruz*
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – O Conselho de Administração da Petrobras estabeleceu na noite de hoje (23) que o preço das ações ordinárias da megaoferta pública que a estatal está fazendo para se capitalizar será de R$ 29,65, enquanto as ações preferenciais serão de R$ 26,30. Com a operação, a Petrobras arrecadou R$ 120,36 bilhões, a maior oferta de ações já registrada no mundo.

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, participou da reunião por meio de uma teleconferência, já que estava em Nova York, nos Estados Unidos, onde a oferta de ações da estatal começa amanhã (24). Também nesta sexta-feira, as ações da Petrobras serão lançadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), na abertura do pregão, que contará com a participação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A oferta das ações da Petrobras na Bovespa começa na segunda-feira (27).

O processo de capitalização da Petrobras para a exploração de petróleo e gás natural nos blocos do pré-sal começou no último dia 13, com a reserva de ações para os atuais acionistas da companhia, incluindo os cotistas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), dos Fundos de Investimentos e os próprios empregados da estatal. O prazo para a reserva deste grupo terminou ontem (22).

No aviso feito ao mercado, no dia 3 de setembro, a Petrobras informou a oferta de 2,17 bilhões de novas ações ordinárias (com direito a voto) e de 1,58 bilhão de novas ações preferenciais (sem direito a voto).

Com o começo da mega oferta de ações, a Petrobras segue as regras da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que não permite que a empresa se pronuncie durante o processo que será concluído no próximo dia 30.

Fonte: Agência Brasil

%d blogueiros gostam disto: